natal 2019 - dg e dc

natal 2019 - dg e dc

natal 2019 - ma e jlc

natal 2019 - ma e jlc

natal 2019 - af e pj

natal 2019 - af e pj

natal 2019 - nf e zb

natal 2019 - nf e zb

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Menos de 2% da população brasileira é doadora de sangue.

Dezesseis a cada mil habitantes são doadores de sangue no Brasil. O número é do Ministério da Saúde e corresponde a 1,6% da população. O índice atende aos parâmetros da Organização Mundial da Saúde (OMS), que recomenda que cada país tenha entre 1% e 3% da população doadora de sangue.

De acordo com os registros da pasta, em 2017 foram coletadas no Brasil 3 milhões e 400 mil bolsas de sangue. Desse total, a estimativa é que 66% tenham sido doações espontâneas e 34% a chamada doação de reposição, que é aquela que acontece quando alguém doa sangue para repor o que foi usado por um familiar ou amigo internado.

Nos meses de inverno, os esforços para garantir os estoques nos bancos de sangue são redobrados. Isso porque, nesta época, há uma queda no volume coletado, por causa, principalmente, das férias e também de doenças como gripes e resfriados. As reservas nos bancos de sangue tendem a ficar abaixo do patamar ideal. Por isso, se você é doador, ou ainda não é, mas tem condições para ser, é importante ir a um posto de coleta.

Podem ser doadoras pessoas entre 16 e 69 anos de idade, com bom estado geral de saúde e, no mínimo, 50 quilos. No dia da doação, é preciso estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas e não estar de jejum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário