natal 2019 - dg e dc

natal 2019 - dg e dc

natal 2019 - ma e jlc

natal 2019 - ma e jlc

natal 2019 - af e pj

natal 2019 - af e pj

natal 2019 - nf e zb

natal 2019 - nf e zb

natal 2019 - ap e btp

natal 2019 - ap e btp

sábado, 25 de maio de 2019

Exército vai definir que armas a população poderá comprar.

O Exército deve definir até julho quais são os armamentos que poderão ser comprados pelos cidadãos comuns. Também vai decidir se libera ou não a posse de algum tipo de fuzil.

Já o porte desse tipo de armamento, que é seu transporte para fora de casa, foi proibido pelo novo decreto do presidente Jair Bolsonaro, publicado há alguns dias. Mas o texto não definiu se proprietários de terras, por exemplo, poderão ter posse de fuzil. No outro decreto, publicado em maio, o governo havia incluído moradores de áreas rurais na categoria sem necessidade de comprovar efetiva necessidade para o porte de armas.

Na nova publicação, a autorização fica condicionada à justa posse da terra. O objetivo é impedir que invasores de propriedades, como os movimentos sem terra, tenham esses armamentos.

As informações são do jornal O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário